Booking.com

Especial 2017 - O que fazer no Rio de Janeiro?


Carioca e apaixonada por minha cidade é difícil falar sem elogiar este destino incrível. 
Já conheci muitos lugares, veja aqui, mas nada comparado ao Rio de Janeiro. Nada! 
Problemas a parte, estou falando das BELEZAS e DIVERSIDADE!
Com uma diversidade fora do comum, o Rio agrada a todos, temos praias maravilhosas aos 40º C, uma Serra encantadora aos 8ºC, favelas e mansões, um centro nordestino com muito forró até festivais de Jazz espalhados por todo estado.
Não é atoa que aqui é o berço de variados estilos musicais, a terra do petisco com amigos e da cultura livre!
Este vídeo resume bem nosso Rio.



Outro dia eu ouvi uma conversa no centro do Rio, de um grupo de turistas, e percebi que estão conhecendo mais o Rio que os próprios Cariocas. Isso precisa mudar!

Vamos curtir o Rio, descobrir e redescobrir o que ainda temos de melhor!


Aproveitem esta agenda carioca, ou melhor, esta COLEÇÃO com dicas imperdíveis, conhecidas ou não, mas com certeza encantadoras e enriquecedoras! 


1- Trem do Corcovado

Inaugurado em 1884 pelo Imperador D. Pedro II, o Trem do Corcovado já levou papas, reis, príncipes, presidentes da república, artistas e cientistas em seus vagões.
É um passeio ecológico, pois o trem atravessa a maior floresta urbana do mundo: o Parque Nacional da Tijuca, um pedaço da mata atlântica.


2- Forte de Copacabana com café na tradicional Confeitaria Colombo
O Forte de Copacabana localiza-se na ponta de Copacabana, ao final da praia, computa atualmente um fluxo de cerca de dez mil visitantes por mês.O turista visitar as áreas externas e o interior do forte e o Museu histórico-militar. O ponto alto além da paisagem é passar na bela Confeitaria Colombo.
Entrada para o Forte de Copacabana (Ingressos)
Adultos – R$ 6,00
Maiores de 60 anos – R$ 3,00
Estudantes e professores com carteira– R$ 3,00


3- Pedalinho, Remo, caminhada na Lagoa Rodrigo de Freitas

Com 2,4 milhões de metros quadrados de superfície, sobre o seu espelho d'água praticam-se esportes aquáticos como o remo, ou simplesmente passeia-se de pedalinho. Em seu entorno, encontram-se um estádio de remo (Estádio de Remo da Lagoa), uma ciclovia pavimentada, com 7,5 km de extensão, diversos equipamentos de lazer e quiosques de alimentação, que oferecem itens da gastronomia regional e internacional. Aí, se encontram também alguns dos mais importantes clubes da cidade.
Não deixe de ir no Palaphita Kitch! Um quiosque cheio de charme com gastronomia amazônica que dá o que falar.

4- Passeio na Urca com praia Vermelha
Com um visual de tirar o fôlego vale a pena levar máquina fotográfica, usar roupas leves e fazer uma caminhada na pista Cláudio Coutinho e depois parar em um bar do bairro. Na Urca além de passear nas ruas de paralelepípedo ainda preservadas, você poderá conhecer a ex casa do Rei Roberto Carlos, o antigo cassino da urca e é claro as belas paisagens incluindo o pão de açúcar.


5- Banho nas cachoeiras do Horto e Vista Chinesa

Fica na área central da zona sul da cidade, com uma caminhada de 30 minutos passando por dentro da floresta da tijuca se chega lá. É o paraíso!
A cachoeira mais famosa é a do Chuveiro, não é tão fácil chegar!
A entrada é pela Rua Pacheco Leão - Estrada Dona Castorina - Horto
Depois de caminhar e se refrescar, pare na vista chinesa, que fica no alto da boa vista construída em 1903. São 380 metros acima do nível do mar.
Não deixe de tirar uma foto no pagode (nome deste templo chinês).

6- Caminhar e almoçar nas Paineiras
Com acesso pelo Cosme Velho, Praça do Lido (copacabana) ou Citta América Shopping (Barra), você pode pegar um transporte por R$30. Se quiser um combo com transporte e buffet, um adulto sai por R$80. Maiores informações no site https://tickets.paineirascorcovado.com.br 
O local fica fechado todo final de semana e feriados para lazer. 


7- Comer no Mercado do Peixe

Depois da praia ir comer frutos do mar é a melhor pedida, no Itanhangá, o cliente escolhe seu pescado fresquinho. O que não falta são opções gastronômicas no Rio.
Estrada da Barra da Tijuca - Itanhangá

8- Parque Lage - Passeio romântico 

Com um verde exuberante, 52 hectares, tombado pelo IPHAN, com programas culturais e muita arte o parque ainda abriga o Café du Lage, às vezes com música ao vivo, é uma ótima pedida para um café da manhã em um dia especial.
Muitos cariocas estão indo ao parque para fotografar e serem fotografados!
Vale a pena passear e relaxar!
Rua Jardim Botânico, 414 - Jardim Botânico 
Rio de Janeiro - RJ 
 



9- Ver uma exposição no Instituto Moreira Salles

Centro cultural com enorme acervo, o casarão pertenceu a família dona do banco. Vá e sente-se para tomar um café no jardim.
Rua Marquês de São Vicente, 476, Gávea.
CEP 22451-040 – Rio de Janeiro/RJ.
Tel.: 21 3284-7400. 
Horário de visitação: de terça a domingo e feriados (exceto segunda), das 11h às 20h.

10- Conhecer e curtir uma praia fora do circuito comum - Prainha, Grumari, Reserva e outras da região de Guaratiba e Recreio.

No Rio o que não falta são praias, mas curtir as praias não tão famosas é o que há de melhor! Muitos artistas estão frequentando estas praias menos conhecidas e cheias de charme com uma natureza menos explorada.
Estude antes a praia escolhida, pois, para chegar em algumas é necessário fazer trilha.

11- Conhecer e ver uma exposição no CCBB
O Centro Cultural Banco do Brasil reúne dois teatros, quatro salas para mostras, biblioteca com mais de 100 mil volumes em acervo informatizado, auditório, salas de vídeo e cinema. Sua bela arquitetura e sua intensa agenda de programações fazem dele uma das principais atrações culturais do Rio de Janeiro.
Meu queridinho!
Fácil comer depois do passeio, pois existem várias opções ao redor e no interior.
Rua 1 de março, 66 - Centro
Entrada Grátis

12- Compras - Conhecer a passarela do Leblon , Dias Ferreira - Lojas , ateliês, brechós, restaurantes.

Para quem gosta de compras, esta é a dica! Estenda o passeio pelo Shopping Leblon e Rio Design.

13- Noitada na Lapa e Arcos da Lapa
Conhecida como berço da boemia carioca, famosa pela arquitetura, a Lapa possui uma infinidade de bares e casas de shows que atendem a todos os gostos.
Quando for, veja a programação das principais casas de show para não perder nada!
Aproveite para fotografar os famosos Arcos da Lapa!
Praça Cardeal Câmara, s/n - Lapa 
Rio de Janeiro - RJ 


14- Jardim Botânico

O Jardim Botânico, uma das mais belas e bem preservadas áreas verdes da cidade, é um exemplo da diversidade da flora brasileira e estrangeira. Nele podem ser observadas cerca de 6.500 espécies (algumas ameaçadas de extinção), distribuídas por uma área de 54 hectares, ao ar livre e em estufas. Belíssimo! Não esqueça a câmera fotográfica!
Preço Ingressos:
R$15 - Individual (Não possui estacionamento)
Rua Jardim Botânico, 1008
Jardim Botânico - CEP 22470-180

15- Saltar de Asa-delta da Pedra Bonita
Pra você que gosta de aventuras esta é a dica com uma boa dose de adrenalina ou para quem simplesmente só quer conhecer e observar os corajosos.
O Voo começa na rampa da Pedra Bonita a quase 600 m de altitude e o pouso é na Praia do Pepino, em São Conrado, um lugar com um visual lindo. Nesta praia você encontra empresas para realizar o passeio.
O preço varia, a partir de R$300.
* Procure um bom profissional















16- Visitar o parque das Ruínas
Mirante belíssimo em Santa Teresa, veja a programação antes de ir. 
As ruínas são de um palacete abandonado por falta de herdeiros.
Rua Murtinho Nobre, 169 Santa Tereza
Telefone: (21) 2215-0621 2224-3922
pruinas@pcrj.rj.gov.br
Horário: Aberto de terça-feira a domingo, das 8h às 20h.


17- Almoçar em Santa Teresa
Com vistas lindas, é fácil ter um almoço especial e encontrar Chef´s renomados, Santa Teresa é um bairro super gastronômico, escolha o seu restaurante e bom apetite! Não vou colocar nomes de restaurantes aqui mas não será difícil escolher e contemplar!

18- Praia do Flamengo/Aterro do Flamengo

Caminhar, praticar esportes, ou apenas se sentar e ver como o bairro tem vida própria, vale a pena explorar a praia do flamengo e seus arredores. 
Em 2016 alguns pontos foram liberados para banho, mas na maioria do tempo não está, então, se informe!
Não é recomendado andar a noite sozinho com celular e bolsas distraído, mas isso serve para qualquer lugar!


19- Centro Luiz Gonzaga de tradições Nordestinas ou Feira de São Cristóvão

Centenas de barracas, comidas típicas, personagens engraçados e muita dança. O Centro Luiz Gonzaga de Tradições Nordestinas é uma experiência maravilhosa e divertida.
Funcionamento: Terça à quinta: 10h às 18h  (entrada franca) *Exceto feriados​
Finais de semana das 10h de sexta às 21h de domingo. 
Entrada franca exceto em feriados e shows.
Telefone: 21-2580-5335

20- Museu do Amanhã - O futuro
Um dos mais novos pontos turísticos do Rio e mais novo queridinho!
O Museu é um show a parte, com uma iluminação impecável e bem natural, esta nova beleza mostra modernidade, futuro e apresenta aos cariocas e turistas a importância de cuidar do planeta!
O Museu funciona de terça a domingo, das 10h às 18h, com última entrada às 17h.
Entrada gratuita às terças-feiras (o voucher deve ser retirado no site de venda online).
Entrada: R$
O Museu fica fechado ao público às segundas-feiras para manutenção.

21- Ir ao Mosteiro de São Bento - Arte

Considerado monumento mundial pela Unesco, o Mosteiro impressiona pelos contrastes do estilo austero de sua fachada, com frontão triangular, e o intricado trabalho da talha dourada do interior de sua igreja. Os trabalhos de pintura, as obras de arte, a concepção das capelas, o teto da nave - remanescente do século XVIII e o coral de canto gregoriano fazem com que o Mosteiro de São Bento encante a todos aqueles que o visitam.
*Por favor, traje adequado para um lugar sagrado.
R. Dom Gerardo, 68 - Centro, Rio de Janeiro - RJ, 20090-030, Brasil

22- Floresta da Tijuca

Localizada no Alto da Boa Vista, o coração da cidade, é a maior floresta urbana do mundo, com 120 km decorados em abundância pelo verde das árvores. São diversas trilhas repletas de pássaros, córregos, viveiros, cascatas, grutas, lagos e uma capela, onde os visitantes podem desfrutar da natureza.

23- Maracanã

Inaugurado em 1950, o Estádio Jornalista Mário Filho já foi considerado o maior estádio do mundo, um cartão-postal da cidade e um verdadeiro templo do futebol. Em 2013 passou por uma super reforma com padrões FIFA. Conferi amei o campo, mas lembre-se de separar uma boa grana para comidinhas e bebidas, tudo é muito caro! Ex.: Pipoca saco e sorvete por 10,00 reais.

24- Programa Chic - Bar do Copa
Quer fazer um programa divertido e chic? 
Tome um drinque no Bar do Copa mas leve dinheiro pois este programa é para quem pode. Não é um lugar qualquer, é o bar no famoso e elegante hotel Belmond Copacabana Palace.

25- Assistir o Por do Sol em Ipanema

Acho que não preciso comentar, algumas pessoas chegam a aplaudir! Super Gratuito! Hehehe

26- Sítio Burle Marx

Um sítio que abriga cerca de 3.500 espécies de plantas, vindas de florestas dos quatro cantos do planeta, em uma área de 360.000m ², que abriga uma das mais importantes coleções de plantas do mundo. Nosso pulmão e a natureza agradece.
Estr. Roberto Burle Marx, 2019, Barra de Guaratiba  Rio de Janeiro, 23020-240 - T.: (21) 2410-1412

27- Visitar o MAR - Museu de Arte do Rio

Com uma linda exposição do Rio antigo x moderno, o MAR é um presente do Rio para os cariocas, amei.
No terraço uma surpresa!
Exposições: Terça a domingo - 10h às 17h
Ingresso: Geral R$20 Meia-entrada R$10
Gratuidade: Às terças-feiras, o MAR é gratuito para todos.
Praça Mauá, 5, Centro


28- MAC - Niterói - RJ

Com uma arquitetura incomum o MAC atrai milhares de turistas e locais, projetado por Oscar Niemeyer é o maior ponto turístico de Niterói.

29- Theatro Municipal - Se possível assistir um balé.

Chama a atenção pela sua concepção arquitetônica e pela beleza de seu interior. Com capacidade para até 2.200 pessoas, o Theatro Municipal é um verdadeiro templo de cultura, por onde passam espetáculos de sucesso e visitantes deslumbrados com toda sua graça. Para comemorar os 100 anos do Municipal, o teatro passou por sua mais completa reforma até hoje e está deslumbrante como se tivesse sido inaugurado este ano. Vale a pena conferir.
Cinelândia - Centro

30- Fazer um circuito pelo centro do Rio explorando casarões antigos, livrarias, cafés, lindas igrejas, centros culturais, bares e restaurantes.

31- Pão de Açúcar

Localizado na Urca e sobre a Baía de Guanabara o Pão de Açucar é o cartão postal do Rio e um dos mais lindos do mundo. O passeio é incrível são 220 metros acima do nível do mar, uma vista de tirar o fôlego!

32- Planetário da Gávea / Museu do Universo

As observações do céu acontecem às quartas, gratuitamente, na Praça dos Telescópios. A área possui quatro equipamentos modernos, instalados em cúpulas, com capacidade para localizar automaticamente cerca de 64 mil objetos.
Criada em 19 de novembro de 1970, a instituição hoje possui uma área total de 16 mil metros quadrados e 12 mil metros quadrados de área construída. Um dos seus espaços é uma biblioteca com acervo de aproximadamente 2,5 mil livros e vários vídeos educativos, especializados em Astronomia, Astronáutica, Astrofísica e Física, que funciona de segunda a sexta, das 10h às 17h. Ainda há um teatro (sob a responsabilidade da Rede Municipal de Teatros), auditórios, restaurantes, estacionamento e uma ampla área verde destinada à recreação das crianças. O Museu do Universo - Experimentos Interativos é composto por 60 experimentos, com os quais o público pode interagir e aprender um pouco mais sobre Astronomia.

33- Museu de Arte Moderna - MAM
Além de seu enorme acervo com cerca de 1.700 obras entre pinturas, esculturas e gravuras de artistas nacionais e estrangeiros, o Museu de Arte Moderna, fundado em 1958, também possui uma biblioteca especializada em artes e uma reconhecida cinemateca, onde ocorrem as mostras mais concorridas da cidade.
Ingresso R$14
Av. Infante Dom Henrique, 85
Aterro do Flamengo - Rio de Janeiro / RJ


34- Jardim Zoológico (fechado no momento)
Área de 138 mil metros quadrados, onde estão mais de dois mil animais distribuídos entre répteis, mamíferos e aves, o zoológico do Rio de Janeiro é o mais antigo do Brasil. No setor de fauna, reproduzem-se espécies raras e ameaçadas de extinção como o Urubu Rei, a Ararajuba e o Cachorro do Mato Vinagre.
Parque Quinta da Boa Vista, s/nº, São Cristóvão, Rio de Janeiro - RJ
De ter a dom, das 9h às 16h30m
ter, qua, qui, sex, sáb, dom - R$6.00

35- Ilha Fiscal - Passeio de barco

A Ilha é parte do Complexo Cultural do Serviço de Documentação da Marinha.
Cenário do evento que ficou conhecido como “O Último Baile do Império”, realizado alguns dias antes da Proclamação da República, a Ilha Fiscal continua sendo um elo entre o presente e o passado.
Saídas: Espaço Cultural da Marinha, Av. Alfredo Agache s/n , próximo à Praça XV, Centro, RJ.
Visitação: de 5a feira a domingo.
Horários: 12h30, 14h e 15h30.
Obs: O embarque iniciará 15 minutos antes do horário da saída da embarcação.
Venda de ingressos: Somente nos dias de passeio das 11h às 16h.
Local: Espaço Cultural da Marinha.
Valores: R$ 20,00 - adultos/ R$ 10,00 - estudantes, crianças até 12 anos e adultos com mais de 60 anos.

36- Sambódromo do Rio de Janeiro
Representação mais significativa da arte e da cultura popular, o Carnaval carioca é um evento grandioso. São quatro dias de folia, cujo ponto alto está no tradicional desfile das Escolas de Samba, que acontece no Sambódromo, a maior festa temática realizada no mundo da qual participam brasileiros e estrangeiros, que se contagiam com a beleza deste acontecimento único. É de emocionar!
Você sabe qual foi a inspiração para o arco do Sambódromo? Pesquise! Hehehe
Rua Marquêes de Sapucaí - Santo Cristo/RJ

37- Curta a nossa página no Facebook e Instagram @luanaprazeirescollection e fique sempre atualizado.
www.facebook.com.br/luanaprazeirescollection e www.instagram.com/luanaprazeirescollection e  receba novidades culturais, gastronômicas, dicas imperdíveis de tudo que acontece no Rio de Janeiro e no mundo.

* Consultar valores e horários informados antes de ir, os mesmos podem variar. Atualizado em Março/17



Vinhos & Espumantes combinam com o calor do Rio?

Lendo outro dia sobre vinhos & espumantes, na conceituada revista BACO, resolvi escrever este post.
Para algumas pessoas este "mundo" dos vinhos é ainda muito distante, como amo aprender, resolvi pesquisar mais sobre e estudar. Ainda estou longe de ser uma conhecedora, mas aprendi bastante.
Existem vários cursos no Rio, alguns grátis, pesquise sempre e informe-se.
As fotos abaixo foram tiradas durante um curso que fiz na Loja Lidador no centro do Rio Tel.: (21)2262-3442




Este post é para mostrar que vinho não é só para dias frios ou noite como muita gente pensa.
Em areias luxuosas como as de Ibiza, Saint Tropez, Búzios e Jurerê Internacional, em Santa Catarina, os espumantes e vinhos podem ser encontrados em diferentes pontos da orla.
Por aqui, começa a chegar timidamente às praias do Rio, Barra, Reserva e outras, anunciando, quem sabe, o fim do reinado da cerveja na estação de calor.
Vinhos brancos, rosés, espumantes e até mesmo alguns tintos deixam o verão muito mais fresco e saboroso.
No Brasil os vinhos ainda não estão tão bons como os internacionais devido ao solo brasileiro que contém muita acidez, mas os espumantes estão dando o que falar.
Para apreciar esta delícia no verão as dicas são:

- Devem ser de safra nova (o que significa que a bebida é mais fresca e de fácil digestão).

- Uvas de acidez mais elevada como sauvignon blanc, gamay e pinot noir (o que também confere maior frescor ao vinho).

- Leve a médio corpo, pouca ou nenhuma madeira (vinhos que não tenham amadurecido em barricas de carvalho, ou que tenham ficado pouco tempo em contato com a madeira)

- Por fim, devem ter o teor alcóolico baixo, para não aquecer tanto o corpo quanto os vinhos de inverno.

Qual taça utilizar?



Encontrei uma lista de vinhos & espumantes BARATOS do especialista Marcelo Copello que compartilho aqui pra vocês. Lembrando que serve para quem está apenas começando e não para um entendedor da área.

Tintos
1 - Gamay 2011
Preço: R$ 28,50
Produtor: Miolo
Região: Vale dos Vinhedos (Bento Gonçalves – RS)
A gamay é uma das uvas tintas mais leves que existe. Trata-se, portanto, de um vinho tinto com alma branca, claro, fresco e frutado, sem sombra nenhuma de madeira. Acompanha pratos mais leves com frutos do mar e peixes mais estruturados como atum e salmão. Também vai bem com carpaccio.



2 - Trecipressi Chianti 2010
Preço: R$ 19,99
Produtor: Geográfico
Região: Toscana (Itália)
Este é um vinho sem madeira, fresco, mais encorpado do que o feito com uva gamay, mas ainda na categoria leve. Harmoniza muito bem com massas ao molho branco, ao alho e óleo ou ao molho de tomate. O molho à bolonhesa também combina com a bebida, mas atenção: nada de acrescentar pimenta aos pratos.

3 - Colheita Selecionada 2008
Preço: R$ 34,50
Produtor: Cabriz
Região: Dão (Portugal)
Trata-se do melhor tinto da lista, com relação custo-benefício muito boa. De médio corpo, a bebida é produzida em uma região com uvas de acidez muito boa, a Borgonha de Portugal. Este tinto acompanha muito bem o bacalhau.
No verão, experimente com saladas que levam o peixe.

Rosés
4 - Serras de Azeitão Selecção do Enólogo Rosé 2010
Preço: R$ 22,80
Produtor: Bacalhôa
Região: Setúbal (Portugal)
Para um rosé mais frutado como este, Copello sugere um prato rosado como o salmão grelhado. A sopa leão veloso,  apesar de ser mais invernal, também cai bem com este vinho nos dias mais frescos da estação. Ela é uma adaptação de um clássico da culinária francesa, a bouillabaisse. Foi o embaixador Pedro Leão Velloso Neto, frequentador assíduo do restaurante Rio Minho, quem abrasileirou a receita.

5 - Grignan-Les-Adhémar La Farette Rosé 2010
Preço: R$ 27,50
Produtor: Gabriel Liogier
Região: Vale do Rhône (sub-região: Grignan-Les-Adhémar, na França)
A sub-região onde o vinho é produzido acabou de ser criada, em 2010. Portanto, trata-se de uma novidade recém-saída do forno, ou melhor, da vinícola. Esta é a primeira safra da bebida com esse nome. Levinho e macio, o rosé de Gabriel Liogier harmoniza com salada de palmito e gaspacho, sopa fria à base de tomate, pepino e pimentão.

Brancos
6 - Doña Dominga Reserva Sauvignon Blanc 2011
Preço: R$ 24,98
Produtor: Casa Silva
Região: Colchagua (Chile)
Os vinhos produzidos a partir da uva sauvignon blanc são cítricos, leves e frescos. Este da Casa Silva acompanha muito bem peixes de carne branca como o namorado, além das moquecas.

7 - Torrontés Partida Limitada 2011
Preço: R$ 16,98
Produtor: Lavaque
Região: Mendoza (Argentina)
Mais floral e com uma ponta de doçura, o Torrontés é ideal para tomar como aperitivo em um dia bem quente, acompanhado por petiscos tipo canapés.

8 - Viu Manent Classico Sauvignon Blanc 2011
Preço: R$ 21,50
Produtor: Viu Manent
Região: Colchagua (Chile)
Queijos brancos como de cabra e queijo minas ficam uma delícia acompanhados por este sauvignon blanc cítrico,  leve e refrescante.

Espumante
9 - Adolfo Lona Brut
Preço: R$ 37,50
Produtor: Adolfo Lona
Região: Garibaldi – RS
Adolfo é um enólogo bastante renomado no Brasil, que já trabalhou na Bacardi produzindo os vinhos Baron de Lantier. Seu espumante é mais seco e muito versátil, vai da entrada à sobremesa. Experimente harmonizá-lo com pão tostado, risoto de frutas cristalizadas e peixes como o linguado.

Tintos
10 - Indómita Selected Varietal Pinot Noir 2010
Preço: R$ 19,70
Produtor: Viña Indómita
Região: Casablanca (Chile)
A uva pinot noir, emblemática da Borgonha, na França, também é cultivada nesta excelente região chilena. Tinto leve, este vinho é indicado para acompanhar pratos com cogumelos, como risoto e cogumelos salteados.

11 - Porca de Murça Tinto 2009
Preço: R$ 15,80
Produtor: Real Companhia Velha
Região: Douro (Portugal)
Eis um clássico português que é best seller no Brasil (ainda mais com esse precinho camarada).
Leve e gastronômico, harmonize-o com frango grelhado acompanhado por legumes.

Brancos

12 - Vinho Verde Muralhas de Monção 2010
Preço: R$ 25,50
Produtor: Adega Cooperativa de Monção
Região: Vinho Verde (sub-região: Monção, Portugal)
Outro best seller no Brasil, com excelente relação qualidade-preço. Cítrico e fresco, é produzido na Região Demarcada dos Vinhos Verdes, no noroeste de Portugal, uma região costeira conhecida pela produção de excelentes vinhos brancos. Trata-se de um vinho de boa acidez, leve, para tomar que nem refrigerante com petiscos praianos mais gordurosos como sardinha frita e amendoim.

13 - Casillero del Diablo Reserva Sauvignon Blanc 2010
Preço: R$ 24,80
Produtor: Concha y Toro
Região: Vale Central (Chile)
Mais um sauvignon blanc leve e refrescante de bom custo-benefício. Harmonize com camarão frito temperado com gotinhas de limão (só não exagere na quantidade, porque senão o gosto concentrado do limão mata o vinho).

Espumantes
14 - Miolo Brut Rosé
Preço: R$ 27,80
Produtor: Miolo
Região: Vale dos Vinhedos (Bento Gonçalves - RS)
Segundo Copello, espumante rosé talvez seja a categoria que melhor traduz o verão e a época de festas que se instala no Rio nessa época, como o Carnaval. Trata-se de um vinho leve, fresco, macio e com uma ponta agradável  de doçura. Harmoniza perfeitamente bem com a paella, prato espanhol à base de arroz, camarões e mexilhões.

15 - Salton Brut Reserva Ouro
Preço: R$ 23,90
Produtor: Salton
Região: Vale dos Vinhedos (Bento Gonçalves - RS)
A Salton é líder brasileira na produção e venda de espumante, detendo quase a metade do mercado nacional. Seco, o Salton Brut Reserva Ouro acompanha com primor um robalo com redução de frutas (pode ser um coulis de manga ou maracujá, por exemplo).

Tintos
16 - Periquita 2009
Preço: R$ 21,99
Produtor: José Maria da Fonseca
Região: Península de Setúbal (Portugal)
Português tradicionalíssimo, trata-se de um vinho mais leve do que outros tintos. Harmoniza com quitutes típicos da terrinha, como sardinha frita e mix de frutas secas (passas, castanhas etc).

17 - Flor de Crasto 2009
Preço: R$ 35,90
Produtor: Quinta do Crasto
Região: Douro (Portugal)
Vinho tinto mais moderno e frutado. Bom para acompanhar aperitivos ou pratos bem leves como carpaccio de carne.
Experimente também atum grelhado com shoyo (molho em pouca quantidade, para não matar o vinho).

Brancos
18 - Los Vascos Chardonnay 2011
Preço: R$ 27,90
Produtor: Los Vascos
Região: Colchagua (Chile)
Este vinho chileno com alma francesa (a bebida é produzida no Chile por uma empresa da França) é leve e bem equilibrado. É a combinação perfeita para uma truta à la belle meunière (na manteiga, com alcaparras) e outros  pratos com molhos amanteigados.

Espumante
19 - Brut Nature
Preço: R$ 31,20
Produtor: Nieto Senetiner
Região: Mendoza (Argentina)
Espumante bem seco (não leva açúcar), ele confere a sensação de mais corpo na boca e, por isso, deve ser  harmonizado com pratos mais encorpados. Experimente-o com um yakisoba de frango com legumes, por exemplo.

20 - Aurora Moscatel
Preço: R$ 19,80
Produtor: Aurora
Região: Serra Gaúcha
Este espumante bem leve, quase um refresco de tão doce e floral, desce fácil como a cerveja na praia ou à beira da piscina. Além de casar bem com frutas frescas (salada de frutas, por exemplo), também é perfeito para
fazer drinques tradicionais como bellini e kir royal, super refrescantes.

Aproveitem!

Degustação que participei em Bento Gonçalves – RS
  
* Receitas para os dias quentes:

1- Sangria de lichia, morango, cranberry e limão siciliano

Ingredientes
100 g de lichias                                                          
100 g de morangos                                                        
Meio limão siciliano                                             
300 ml de suco de cranberry                                       
500 ml de espumante                                                   
100ml de vodca                                                             
12 cubos de gelo                                                                 
4 botões de rosas para decoração            

Modo de Preparo
Em uma jarra, coloque todas as frutas e adicione o suco de cranberry, a vodca, o gelo e por fim o espumante.
Não há necessidade de acrescentar açúcar. Decore com os botões de rosas. Sirva imediatamente!
Por João de Souza, barman do restaurante Dui, em São Paulo

2- Receita de Família

Ingredientes

01 garrafa de vinho tinto de boa qualidade
1/2 litro de refrigerante de limão
03 pêssegos amarelos em pedaços
01 laranja em pedaços
Raspas de noz moscada (1/4 de uma bolinha)
reminho de hortelã (pequeno)
Açúcar e gelo a gosto

Modo de Preparo
Coloque o refrigerante os pêssegos e a laranja em uma jarra apresentável
Acrescente o vinho, o açucar o gelo e mexa bem
Por último, inclua o hortelã e a raspa de noz moscada
Por Luis Pestana Cruz

Seja responsável, beba com moderação!

Resumindo, vinho é a bebida para todos os gostos, estações e classes sociais!
* Os valores informados neste post podem sofrer alterações.

Até a próxima!