Booking.com

10 dicas importantes que você deve saber antes de viajar para Santiago do Chile



Confira estas super dicas, algumas ficamos sabendo antes de viajar por meio de pesquisas na internet, grupos de viajantes e etc, outras aprendemos na marra, por experiência própria!
Esta viagem foi uma bela surpresa! Existem destinos que vamos com muita expectativa e nos "decepcionamos" um pouco, nossa viagem para o Chile foi o inverso, a minha vontade era brincar na neve e o destino me mostrou que pode oferecer muito mais que isso superando minhas expectativas.

Muitos amigos já me disseram que o Chile não tem nada demais, eu discordo! Se ter educação, empatia entre o povo, cidade limpa e com ótimas ciclovias, muita história, respeito ao país, paisagens exóticas de tirar o fôlego, inúmeras praças bem cuidadas onde famílias sentam no chão com seus cães e fazem piquenique em qualquer hora e dia da semana, linhas de metrô que levam pra qualquer lugar e policiais, ou melhor, carabineros super respeitados pelo povo, se isso não é nada demais, já não sei de mais nada!

0- Fácil acesso!
Do Rio de Janeiro para Santiago do Chile são aproximadamente 4h30, existem voos diretos e esta foi nossa opção.
Do aeroporto para o hotel utilizamos transfer coletivo, empresa Transvip (a loja fica dentro do aeroporto), pagamos 12.800 o casal.

1- Documentação sem problemas!
Você não precisa de vacinas especiais e nem de visto e passaporte para viajar pro Chile. Basta identidade em bom estado e com até 10 anos de emissão.

2- Escolha a data certa!
A alta temporada é no inverno, junho/julho/agosto/setembro, a grande procura é por conta das estações de ski nas proximidades! Este ano (2015) em novembro teve neve, mas isso não é comum. Nesta época os serviços costumam ser mais caros. Nós escolhemos início de setembro.

3- Leve roupa sem ser de frio! 
Muita gente enche a mala de super casacos e não é necessário durante o dia na cidade, basta um casaco comum que utilizamos aqui no inverno. Para conhecer ou realmente esquiar nas estações, utilize roupa específica que podem ser compradas lá na cidade em brechós, onde você pode comprar roupas semi-novas, e com preço muito melhor. Uma das ruas com maior concentração dessas lojas fica na calle Bandera. Outra opção bem legal é alugar tudo ou somente algumas peças como botas e luvas, foi o que fizemos.

4- A comida é cara! 
Mas se procurar bem, consegue comer por um valor mais em conta! Descobrimos por experiência própria que existem pequenos restaurantes ao redor das estações de metrô, e estes são mais baratos. Média casal em uma refeição simples sem bebida 15.000 pesos chilenos.
O que é caro pra você? Vai depender de cada um.

5- Opções gastronômicas!

Esqueça o feijão! Feijão no Chile é quase impossível!
Invista em carnes e frutos do mar, são ótimos. 
Já o frango... é servido branco, parece que foi simplesmente passado no sal e cozido no microondas. Argh! 
Não acreditei no que vi na primeira vez que pedi frango, achei que era culpa do restaurante, na segunda tentativa, em outro local, descobri que era normal! Sem tempero e aparência horrível!
Os copos de sucos são grandes, dá até para dividir.

6- Terremoto!
Terremoto é o nome da bebida típica mais famosa de lá, ou seja, se alguém lhe convidar para beber um terremoto, relaxe! Achei uma delícia, porém doce!

7- Fuso!
O horário é o mesmo da região Sudeste do Brasil! Não precisa mudar seu relógio! O corpo agradece! :-)

8- Cambio!
A moeda utilizada é o peso chileno, para que tenha uma ideia a média é R$1 =  205 pesos chilenos e USD1 = 713 pesos chilenos.
Faça uma pesquisa na época que for e descubra o que é mais vantajoso levar.
Vale redobrar a atenção nos detalhes e valores das notas, pois podem confundir na hora de pagar e receber troco. Normalmente a confusão acontece nas notas de mil e 10 mil.

9- Um bom vinho!
Pode trazer vinho em seu voo sem problemas! O Chile é super reconhecido por seus vinhos! Visite uma vinícola e traga vinho de presente. Eu trouxe na mão 4 garrafas!
É só embalar para não fazer barulho e não correr o risco de quebra-las.

10- Visite!
Visite as cidades vizinhas se tiver tempo! Para nós, o tour mais interessante foi passar o dia em Cajon del Maipo, destino não muito explorado por turistas, é para amantes da natureza, paz e paisagens exóticas! 
Quem já viu nossa foto pulando em Cajon, em nossa página no Facebook, entende do que estou falando! 

Espero que tenham gostado e que compartilhem em suas redes sociais!
Até a próxima viajantes!


2 comentários:

Camillo disse...

As dicas são ótimas, e a foto também ficou linda!
Parabéns!

Luana Prazeires Collection disse...

:-)